10 de agosto de 2018

A HISTÓRIA DE UM DIRETOR MÉDICO DE UM HOSPITAL PÚBLICO!

É necessário que estejamos todos atentos e de "olhos esbugalhados",
para as mazelas que já estão sendo vistas e denunciadas por Tia Nem
Bem, eu podia começar essa História, que é baseada em fatos reais, e por isso escrevi com H maiúsculo, com a frase corriqueira das histórias: Era uma vez... No entanto essa História é tão indigna, que vou começar contando os fatos: Em um hospital de Base, de uma cidade chamada Pedra Petra, um Diretor Médico, foi contratado para dar plantões em Clinica Cirúrgica e Clinica Médica. Até ai, tudo bem, muito normal. Só que o Diretor Médico tem uma empresa que presta o mesmo tipo de serviço que ele, já presta ao Hospital de Base, e o Diretor, resolveu, contratar a Firma dele, para prestar, os mesmos serviços ao hospital, que ele já prestava. Não satisfeito em desperdiçar o dinheiro do povo, pois, ser contratado individualmente, recebe um salário, e contratando a firma dele, recebe outro salário, o Diretor Médico do Hospital de Base, resolveu contratar a firma de um amigo, que também presta o mesmo serviço que ele já era contratado e que a firma dele estava prestando. Tá dando para entender? Bem, deixa eu continuar... Agora, nós temos no Hospital de Base, o médico que presta serviços de Plantões na Clinica Cirúrgica e Clinica Médica, a Firma dele que presta esse mesmo serviço e, a Firma do amigo que presta o mesmo serviço. Agora deu para entender. O Médico foi contratado em 2017, no mesmo ano contratou a própria Firma e a Firma do Amigo, pelo valor de R$ 25 mil reais mês. isso em novembro de 2017, achando que o dinheiro do povo pode ser gasto sem critério, em dezembro de 2017, o Diretor Médico do Hospital de Base, resolveu elevar o valor pago à Firma do Amigo em 100%, passando então a pagar 50 mil reais. Essa História esta documentada, primeiro na Auditoria Extraordinária da Fasi, solicitada pela própria administração Pública Municipal, e pelos Decretos , contra cheques e contratos de prestações de serviços médicos, conforme fotos. Documentos que tenho em mãos, e que posso mostrar a quem quiser. Essa é apenas, um dos fatos que foram apurados pela Auditoria da própria Prefeitura e que até agora não tomou nenhuma providência, e que alguns dos vereadores de base do prefeito da cidade de Pedra Petra, não quis assinar a CEI que iria investigar a fundo o que está acontecendo com o dinheiro do povo, que deve ser aplicado em remédios e nas necessidades básicas de saúde do povo, e no entanto está sendo desviado de maneira vil e sem escrúpulos. Essa é a História que eu garanto que é verdade. Documentos são provas comprobatórias e não tem como negar. Por Maria Reis Gonçalves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.