7 de agosto de 2017

POR QUE A "REGIÃO" CHAMA O PREFEITO DE ITABUNA DE GAGÁ?

Os governos ruins e frouxos de Vane e Azevedo, ressuscitaram Cuma
Não há edição do Jornal semanário "A Região", sem que o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes Cuma (DEM), seja chamado de Gagá. E o que quer o jornal expressar com este estigma? Primeiro, é oportuno salientar, que chama-se de gagá, geralmente, a pessoa que já é velha e está com a capacidade mental baixa, fazendo coisas que já não fazem mais sentido e se esquecendo de coisas importantes. Portanto, tenta-se assim, identificar o alcaide, como um indivíduo sem condições psicológicas e qualificação técnica, para o exercício de gestor público. O termo é, audaciosamente repulsivo, para a pessoa física e perfeitamente pertinente para a pessoa jurídica. Como indivíduo, Cuma (principalmente fora do poder), é um homem simpático, gentil, cordial, afetuoso, tratável, bondoso, polido, bem-educado, cortês, delicado, agradável, terno, meigo, carinhoso, educado... O que faz jus ao vulgo, é o que tem feito e deixado de fazer Cuma como prefeito. O que talvez justifique Cuma ser chamado de Gagá, são suas gravatas, traições, descompromissos, irresponsabilidades, grosserias, indelicadezas, incivilidades, rudezas, brutalidades, boçalidades, descortesias, estupidez e impolidez. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.