6 de junho de 2017

NIZAN GUANAES DIZ QUE ESTÁ NA HORA DE ARREGAÇARMOS AS MANGAS E SERMOS TODOS GAYS

Para Nizan, é hora de todos serem gays
“O Brasil é, vergonhosamente, campeão mundial de assassinato de homossexuais. Isso não é uma estatística fria, isso é gente ao nosso redor. Meu primo Junior foi cruelmente assassinado. Meu amigo de escola Antônio foi esquartejado. Isso só para citar dois bem próximos. São muitos mais”. Essa é a declaração do publicitário baiano, Nizan Guanaes, feita em sua coluna publicada no jornal Folha, nesta terça-feira/6. Em seu relato, ele argumenta que há diversidade nos comerciais e nos programas de TV. “Mas ela é uma mentira nas ruas. E uma mentira total no Congresso Nacional, cada vez mais careta, que se intimida diante de uma bancada conservadora bem organizada e abraça a pauta medieval que assola o mundo”. Nizan também afirma que defende “o direito dos conservadores de professarem e de viverem as suas vidas como quiserem, mas esmagarem outras formas de viver, isso não podemos aceitar”. Ele revela também que a partir desta semana, nestes dias que antecedem a Parada Gay de São Paulo, será lançada a música "Eu Sou Filho do Arco-Íris", de sua autoria. A canção foi feira para o irmão dele, Joca Guanaes. “Essa canção, gravada por grandes nomes da MPB como Fafá de Belém, Preta Gil, Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Paulo Miklos, Sandy e tantos outros, é o início de uma campanha de mobilização e conscientização que vai durar um ano e culminar na Parada Gay de 2018, ano da eleição presidencial e do Legislativo, cuja causa LGBT precisa influenciar”. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), também é alvo do publicitário: “você que é carioca, filho de uma cidade que é a diversidade em pessoa, mas que teve sua Parada Gay cancelada, o que você pode fazer para aplacar a pauta medieval no Congresso?”. O publicitário finaliza fazendo um apelo para publishers, presidentes-executivos, chefes de Redação, editores, redatores, repórteres: “está na hora de arregaçarmos as mangas e sermos todos gays. E, podem acreditar, é preciso ser muito macho para ser gay neste país”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.