12 de junho de 2017

HOJE É DIA DOS NAMORADOS E AMANHÃ, DO SANTO CASAMENTEIRO


Namorado que é namorado de verdade, dá presente e beijos
Nesta segunda-feira/12, os namorados comemoram o seu dia. Olhares, beijos, abraços, juras de amor, promessas, sonhos e projetos. Faz parte da vida. Esse poder sobre o amor não só entre jovens como também em adultos, decorre de uma forma muito peculiar, de uma corrente misteriosa que atrai um e outro e que deve ser mantida e cultivada. Como namorados é necessário “construir” o amor, como casados é necessário conservá-lo. O verdadeiro amor tem um sentido de solidariedade, de participação, de companheirismo, de compreensão e paciência. No mundo atual o sexo é destacado como primordial antes de tudo. Hoje o “fiquei” e o “ficou” dão um sentido de liberdade ao namoro sem os devidos cuidados para as consequências. Um ser só se completa quando é metade de alguém. Pena que muitas pessoas, ao invés de buscar a metade que os realize, acabam na ilusão do poder, de egoísmo do egocentrismo, reduzindo sua vida ao meio. Amanhã, terça-feira/13, será homenageado o santo protetor dos namorados: Santo Antônio. Pelo elevado número de devotos que possui em Itabuna, casais e jovens de todas as idades, frequentadores da igreja católica da avenida do cinquentenário e outras igrejas, a impressão que temos é que ele é itabunense. Na casa da minha saudosa vizinha, Dona Stela, mãe do empresário José Laytner era tradição a trezena de Santo Antônio. Evento este, que continuou com todo entusiasmo pela filha Marli. A juventude enchia os espaços daquela casa e a festa transcorria com muita alegria. A noite de Santo Antônio do meu passado vive em minha memória. Que todos os namorados da minha terra façam da felicidade uma meta e com a proteção do Cristo e ajuda de Santo Antônio, procurem caminhar sempre com alegria no coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.