19 de junho de 2017

HÁ UM TEMER EM CADA UM DE NÓS


Nem todos que criticam aética de Temer são éticos
Aposto que se todos os fatos tornados públicos, somados as denúncias e as investigações hoje em curso contra o presidente Michel Temer fossem contra FHC, Lula ou Dilma no período em que estiveram no poder, certamente qualquer um dos três teria sido enxotado rapidamente do poder. Dilma caiu por causa das ‘pedaladas fiscais’, um crime tolo, infantil, inferior, pelo menos quando colocado diante dos fatos e atos de Michel Temer e seus companheiros. Porém, talvez Temer seja a face real da maioria dos brasileiros, de todos os estratos sociais. Porque a cada dia que passa parece que ele está mais forte, como quem perdeu a vergonha e não se incomoda de ter sido pego e dedurado com provas substanciais de esquemas ilícitos. Só que Temer tem a qualidade - ou será defeito? Nem sei mais! - de não temer e não ter absolutamente medo algum das investigações da PF, do MPF, ou de novas delações de empresários ou de seus aliados presos, o que deixaria fragilizado qualquer político ou empresário que enfrentasse situação semelhante. Qual o motivo pra tanta coragem e disposição, podemos questionar? A opção era a faixa presidencial ou as faixas no uniforme de presidiário. E isso ficou claro naquela conversa entre o senador Romero Jucá (PMDB) e Sérgio Machado quando falavam sobre “estancar a sangria”. Será Michel Temer a verdadeira face apenas da política brasileira, ou será ele também a nossa cara?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.