10 de junho de 2017

GRAÇA FOSTER SABIA DE PROPINA NA PETROBRAS


Está muito feia a situação de Foster junto ao Juiz Sérgio Moro
O ex-diretor da Petrobras Renato Duque afirmou, na sexta-feira/9, que a ex-presidente da petrolífera Graça Foster sabia de propinas na estatal e que chegou a ter prometido, para si, US$ 1 milhão em vantagens indevidas num contrato da empresa. “Ela me chamou no gabinete e disse o seguinte: eu sei o que foi feito, eu sei que é feito e sei que tem que ser feito. Eu só não sei fazer. Eu preciso da sua ajuda para que isso aconteça”, afirmou Duque, durante depoimento ao juiz Sergio Moro, segundo a Folha de S. Paulo. Preso pela Operação Lava Jato há pouco mais de dois anos, Duque tenta fechar acordo de delação premiada com o Ministério Público – mas sem sucesso. Nos depoimentos à Justiça, ele vem admitindo espontaneamente ter recebido propina, sem benefícios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.