11 de junho de 2017

DOIS DESEMBARGADORES DO TJ-BA SÃO INVESTIGADOS POR SUPOSTA VENDA DE DECISÕES


Bandido de Toga é o que há de mais covarde na Justiça
Dois desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) são investigados pela a Procuradoria-Geral da República por suposta venda de decisões judiciais. De acordo com a coluna Brasil Confidencial, da revista IstoÉ, os magistrados são Gesivaldo Nascimento Britto e Maria das Graças Osório. Em uma das causas suspeitas, Maria das Graças teria anteciado tutela num caso contratual, entretanto, a decisão foi suspensa por outra desembargadora. Em seguida, a nova decisão foi cassada por Gesivaldo, ato que realçou a suspeita de conluio entre ele e Maria das Graças. Agora, a PGR pediu a quebra de sigilo bancário de Gesivaldo devido à evolução patrimonial dele. De acordo com a coluna da revista semanal, o TJ-BA foi procurado para se posicionar sobre o assunto, mas não deu retorno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.