6 de maio de 2017

RUI COSTA USA CARGO PÚBLICO PARA "COMPRAR" O PDT DA BAHIA

Rui pretere obras públicas para comprar deputados,
como o deputado federal Felix Mendonça e seu PDT
O governador Rui Costa (PT), nomeou a ex-vereadora de Salvador, Andréa Mendonça, irmã do deputado federal Félix Mendonça Júnior, para a Chefia de Gabinete da Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri) e assim apaziguar os conflitos entre as alas do nanico PDT, cuja majoritária é controlada pelo irmão da nova número dois da Seagri, que não escondia as queixas por ter sido preterido na divisão de cargos destinados à sigla no Palácio de Ondina, em detrimento da corrente rival, liderada por antigos aliados do deputado estadual Marcelo Nilo (PSL). Este fato revela o uso da máquina pública estadual, para beneficiar a campanha de reeleição do governador e o quanto o PDT se tornou um espetáculo circense, deprimente, com serventia exclusiva para uso do cabide de emprego de parentes e aderentes de um deputado que consta como receptor de doações financeiras feitas por construtoras envolvidas na Operação Lava Jato. O pedetista Félix Mendonça Jr. apareceu como receptor de R$12.433,60 das empreiteiras OAS e UTC. Ainda conforme a prestação disponível no site do TSE, o nome de Felix aparece como quem recebeu a doação de R$ 9,6 mil da Odebrecht, citada nas delações premiadas da Operação Lava Jato. FELIX EXIGE DE RUI, EXONERAÇÃO DE ADVERSÁRIO. Félix Júnior exigiu do governador Rui Costa, a imediata exoneração do seu adversário político, Alexandre Brust, do comando da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) e o pleito foi atendido com substituto definido no nome do ex-prefeito de Alagoinhas, Paulo Cezar, que possui trânsito livre nas duas alas do PDT. Desde que o grupo político de Paulo Cezar foi derrotado na eleição passada, Rui buscava espaço para acomodá-lo no governo. E assim o PDT de Félix segue avançando, para ter benefícios pessoais no governo do PT. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.