6 de maio de 2017

HÁ PERSPECTIVAS DE FERNANDISTAS E GERALDISTAS ESTAREM NO MESMO BALAIO DE GATOS

Não há como prosperar sangue misturado ao vírus HIV
e o casamento de Cuma com Cabeça de Pitu dará "xabu"
O prefeito Fernando Gomes (DEM) fez diversas declarações com a previsão de que seria considerado a própria personalização do diabo, ainda no primeiro semestre do seu primeiro ano de quinto mandato. Ele sabia que não poderia atender os pedidos de empregos de milhares de pessoas, que o apoiaram em sua candidatura e que a prefeitura não teria recursos para corresponder as expectativas do povo itabunense. O resultado disto, seria a decepção e a rejeição. Dito e feito. O prefeito hoje desgosta a maioria do seu eleitorado e não está no gosto de quem votou contra ele. Para reverter este impasse, o prefeito se desespera em busca de apoio do governo do estado e para tanto, até sinaliza a possibilidade de integrar o círculo de aliados do petismo sulbaiano. Fernando sabe que só o governador do PT, pode ajudá-lo com verbas e obras estaduais e salvo conduto na pendência jurídica, que ainda o mantém no comando do governo municipal. As consequências destes fatos, está gerando um clima de "samba do criolo doido" entre "fernandistas" e petistas em Itabuna. Os "geraldistas" em geral, terão que aderir ao "fernandismo" e os "fernandistas" em sua unanimidade, terão que se integrarem ao "geraldismo". E ambos verão arquiinimigos se abraçando, se beijando e jurando amor eterno, no desespero de se manterem encastelados em cargos com salário de marajá, que possam tirá-los da bancarrota. Ainda que, para tanto, alguns tenham que arrotar cobras e lagartas, até se adaptarem à falta de vergonha na cara!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.