6 de maio de 2017

MCMV USADO PARA ELEGER VEREADOR


Evandro Pereira é acusado de fazer uso eleitoral no MCMV
São inúmeras as reclamações e acusações de que pessoas que não têm o perfil adequado moram em algumas casas populares entregues pelo governo em Itabuna. Inclusive, como é de conhecimento de todos, existe muita polêmica na cidade sobre esse assunto desde que foram realizadas operações pelo então secretário de Assistência Social, José Carlos Trindade, que investigava a participação de funcionários públicos em um esquema de favorecimentos na entrega de moradias. A Câmara Municipal de Itabuna também tem que criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para tentar contribuir de alguma forma para que aconteçam investigações. E a secretária Sandra Neilma, tem que intensificar a fiscalização nas unidades habitacionais e abrir processos para retomada de casas em situação irregular. O foco deve ser centrado em denúncias de que apartamentos e casas do Projeto Minha Casa, Minha Vida, foram distribuídos com propósitos eleitorais, no período em esteve sob a coordenação de um vereador, aliado do então prefeito, Claudevane Leite (PRB). Não restam dúvidas de que essas inspeções são extremamente necessárias. E a impressão que se tem é que, se forem feitas minunciosamente e com uma grande abrangência, essas fiscalizações chegarão a um número significativo de pessoas que moram nesses locais sem ter o perfil, burlando a lei e tirando o direito de famílias carentes que realmente necessitam ser contempladas com moradias populares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.