4 de abril de 2017

JÁ INDÍCIOS DE LICITAÇÕES DIRIGIDAS NA CÂMARA DE ILHÉUS

Cosme Araújo está sempre atento e fiscalizador do erário
Fico pasmo quando observo que os blogueiros que estão recebendo dinheiro do esquema fraudulentos há muitos anos, e agora de maneira "institucionalizadas" colocam nas matérias: "Eles podem ser absolvidos ou condenados". Ora, isto é o obvio, se alguém é acusado da pratica de delitos, em conformidade com o ordenamento jurídico, a tendencia natural é que após a instrução criminal que este acusado possa ser absolvido ou condenado. No caso dos que foram presos na operação "laranja", existem particularidades que, o Ministério Público (PM) não seria irresponsável de pedir prisão temporária e a Juíza decretá-la. Posteriormente o MP pede a preventiva e a Juíza decreta. Pois bem, querer fazer firula como se as atitudes das autoridades fossem desnecessárias e descuidadosas, seria a mesma coisa que dizer que as prisões de: Eduardo Cunha, Cabral, Valério, Palocci, e tantos outros tiveram as prisões descuidadosas, e que ao final seriam absolvidos. Posso assegurar que, com as provas até agora colhidas, por certo, justificaram as cautelares. Cabe agora aos advogados dos acusados, talvez até provocar delações para mitigar eventuais penas. O resto é tentar jogar para manter a população que já vem de há muito enganada, na mesmice. Com uma observação: Se o MP vacilar, as licitações fraudulentas vão continuar de vento em popa, na PMI e na Câmara. Sabiam que houve licitação dirigida para empresa investigada neste ano na Câmara? Quem viver verá. Por Cosme Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.