11 de abril de 2017

CUMA COM CEM DIAS SEM IMPACTAR

Por mais que possa parecer, Cuma não tem nada com preguiça
O prefeito Fernando Gomes assumiu o comando da prefeitura envolto à expectativa de fazer Itabuna recuperar o tempo que perdeu com Azevedo e Vane e empreender sua marca de "tocador de obras". Passados 100 dias, o que se ouve é somente promessas de obras que virão e só se ver inaugurações de órgãos, que já existiam na cidade, como a Central de Regulação do SUS e o Núcleo Psicossocial. Está faltando objetividade na gestão e anúncios como construção de uma passarela sobre o rio cachoeira, que está sendo prometida para inauguração no próximo dia 28 de julho, dia da cidade, já deveria ter sido começado. Assim, só se poderá possibilitar as caminhadas dos itabunenses no sobreposto da Ilha do Jegue, em prazo superior ao final do ano. Este fato específico, nos faz acreditar, que muitas promessas do alcaide, são como o escanteio cobrado por um jogador, que tem que correr para cabecear a bola e a fazer entrar no gol. E isto sem haver intervenções dos zagueiros e do goleiro. É possível? Sim. Mas não há quem creia em situação inimagináveis, ou tão irreais quanto cédulas de três reais. Todavia, Fernando Gomes não é um Vane, ou Azevedo qualquer. Dele se pode esperar o inusitado. E nisto se sustenta quem tenta se convencer, que suas dificuldades nestes três primeiros meses de gestão, somente servirão para seu aquecimento, que resultará em boas jogadas, que logo surgirão no seu jogo de entender e empreender suas táticas de gestor. Portanto, aguardemos os próximos cem dias e veremos se o placar dessa partida não comprometerá a conquista do certame. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.