6 de abril de 2017

APRESENTADORA DA GLOBO CHAMA JOSÉ MAYER DE MAL CARÁTER

Apresentadora de jornal da Globo detona José Mayer: sem caráter
O caso de assédio sexual praticado por José Mayer contra uma figurinista da Globo teve repercussão negativa entre outros profissionais da emissora. Giuliana Morrone, apresentadora do bloco de notícias de Brasília no Bom Dia Brasil, usou suas redes sociais para criticar a carta aberta do ator, na qual ele pediu desculpas por seus atos. O texto foi divulgado na terça-feira (4). "José Mayer diz que errou e que faz parte de geração machista. Assédio não é questão geracional, é questão de caráter (falta) #chegadeassédio", escreveu em seu perfil no Twitter. Centenas de internautas reproduziram o comentário, entre eles seus colega de telejornal Chico Pinheiro. Depois que o caso veio à tona, funcionária da Globo foram trabalhar com uma camisa com a frase "Mexeu com uma, mexeu com todas". Na carta, o ator afirma que errou e atribuiu sua atitude a uma consequência da sociedade machista em que nasceu e foi criado. "Tristemente, sou sim fruto de uma geração que aprendeu, erradamente, que atitudes machistas, invasivas e abusivas podem ser disfarçadas de brincadeiras ou piadas. Não podem. Não são", diz o texto. Ele pede desculpas à vítima, Susllem Tonani, aos familiares e aos colegas da Globo. SOLIDARIEDADE - A jornalista Monalisa Perrone, apresentadora do Hora 1, também demonstrou seu apoio. No instagram, ela postou uma foto com a frase da campanha. "O cenário mais comum envolve um assediador criando um 'ambiente de trabalho hostil' _em que uma pessoa se sente assediada, intimidada ou desconfortável. Devemos dar um basta nisso!", escreveu. Poliana Abritta, do Fantástico, também usou o slogan. Leilane Neubarth posou com outras funcionárias da GloboNews na redação. "Equipe da Edição das Seis comprometida com a campanha 'Mexeu com uma, mexeu com todas'", escreveu na legenda. Comentarista da GloboNews, Cristiana Lobo usou o Twitter para apoiar a campanha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.