11 de março de 2017

"TRABALHADORES DE LUXO" COM FÉRIAS CONSTANTES

É em Brasília onde as pizzas são mais caras para os brasileiros
Há um ditado popular muito conhecido no Brasil que diz o seguinte: “o ano só começa depois do Carnaval”. A expressão significa que os trabalhos em diversos setores só engrenam de fato com o fim da tradicional folia momesca. Mas para uma classe extremamente privilegiada e muito bem remunerada por sinal, nem após o término do Carnaval há demonstração de interesse pela labuta. Exatamente, leitor, a categoria em questão são os deputados federais e senadores. Na Câmara, por exemplo, a maioria dos parlamentares já havia antecipado a saída para o feriado e deixado Brasília na quarta-feira/22 de fevereiro. Na sessão marcada para uma quinta-feira/2 de março, somente 5 dos 513 deputados compareceram à Casa. No Senado, não houve sequer sessão agendada para esta semana. Resumindo: os congressistas, que só voltaram às atividades legislativas em fevereiro, ganharam no mínimo mais 12 dias de folga antes de completar ao menos 30 dias de “trabalho”. Mesmo assim, continuam recebendo valores exorbitantes e uma série de benefícios e regalias que contribuem de forma determinante para a falência em que se encontra o país. É preciso que a população reaja e lute contra essa imoralidade que os legisladores, sobretudo deputados e senadores, fazem com o dinheiro público!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.