27 de fevereiro de 2016

TEM MUITA GENTE VIVENDO DE DEVER SEM PAGAR

A crise faz a pessoa se endividar e perder o controle financeiro 
As crises fazem parte da história da humanidade. Há até quem diga que na crise encontra-se novas oportunidades, pois aponta para diversas portas de saída, existentes, que antes não eram vistas. Atualmente em nosso País está em alta a crise política, que interfere diretamente no fator econômico, trazendo desconforto, perdas e desespero para muitos, principalmente os endividados. Os fóruns estão repletos de causas que esperam ser finalizadas, cada qual com seu advogado de defesa. Estar endividado em épocas de crise seria como ganhar na loteria o perdão da dívida, principalmente quando não temos como pagar. Muitos estão tão endividados que até podem desejar pagar tal dívida, mas não conseguirão mesmo que trabalhem toda a vida. As crises servem para nos alertar do perigo de uma baculejada, de que algo não está certo conosco. Geralmente o baculejo é um ato utilizado pela polícia para abordar suspeitos. O baculejo é feito por um policial ou um segurança de certos eventos e consiste na busca para localizar armas ou drogas que possam estar escondidas no corpo de um suspeito. Todos nós somos suspeitos em épocas econômicas de querer esconder e escapar de nossas dívidas. Portando, existe saída, quando diante de um juiz ele perdoa a nossa dívida. E qual a nossa reação diante de um perdão de uma dívida impagável? Como passamos a agir posteriormente? Muitos recomeçam o ciclo de endividamento. São devedores contumazes. E para estes, crises serão sempre causa de álibis e perdões. Vivem disso e se beneficiam de muitos que são perdoados por seus credores, para nunca mais negligenciarem com a responsabilidade de dever e pagar.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.