CÂMARA DE VEREADORES

26 de maio de 2019

COM QUEM VOCÊ SE MISTURA DIZ QUEM TU ÉS"!

Por ser ruim demais, Cuma acaba comprometendo a qualidade de
bondade de quem se submete a estar sob seu controle e influência!
O  ditado “diga com quem andas e eu te direi quem tu és” é uma expressão amplamente divulgada e disseminada em nossa cultura, não se percebendo, por sua participação rotineira, do seu caráter amplamente preconceituoso. Ou gerador de preconceitos. Se eu tenho amigos que fraudam e sonegam impostos, necessariamente me transformo em um sonegador? Se um colega de trabalho com quem almoço junto todos os dias mantém um caso extraconjugal sou, junto com ele, um adúltero? Caso meu melhor amigo consuma maconha, sou também um dependente químico? A resposta óbvia seria não. Mas se partirmos do pressuposto do enunciado, a resposta é sim. E aí a gente se assusta, pois, a grande maioria das pessoas que repete este ditado não se dá conta do quanto preconceituoso é o seu conteúdo. E saímos reproduzindo (e julgando) por aí. Jesus Cristo andava com cobradores de impostos, tinha contato com mulheres adúlteras, se relacionava com samaritanos. Estas eram algumas das pessoas mais mal vistas e menos merecedoras de compaixão daquele período da história. E isso fez dele alguém ruim? Lúcifer andou com anjos… Então, a verdade é que andar com pessoas que fazem coisas que não são bem vistas aos olhos da maioria, não nos transforma em alguém ruim. E andar com pessoas de bem, não nos faz santos. Há urgência em que as pessoas compreendam, verdadeiramente, que ninguém tem o direito de julgar o outro. Porque é fácil sentar numa poltrona, olhar o outro e julgá-lo pelo meu ponto de vista. Todavia, diante destes fatos, concluímos que os secretários e principais assessores do prefeito Fernando Gomes (Cuma), não são bons, porque são o que Cuma quer que eles sejam! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.