10 de agosto de 2017

POLICIAIS SULBAIANOS RECUSAM ATUAR NO CARNAVAL DE SALVADOR


Policiais civis sulbaianos afirmam que não
vão trabalhar no carnaval de Salvador
Policiais civis do sul baiano assinaram um documento em que se recusam a trabalhar no carnaval de Salvador do próximo ano. O ato foi manifestado ontem, quarta-feira/9, em Itabuna. Os policiais se queixam do valor pago em diária e horas extras, que para eles é baixo. Para trabalhar no carnaval, um policial civil recebe R$ 149 de diária, para despesas de transporte, alimentação e hospedagem. Um valor de R$ 222 é pago para cada plantão noturno. O sindicato da categoria cobra diária de R$ 207, e plantão de R$ 563. Conforme estimativa, a cada 10 policiais civis que trabalham no carnaval de Salvador, 7 são do interior do estado. Em nota, a Polícia Civil disse que o valor da diária, definido pelo governo do Estado, é o mesmo pago aos servidores de outros órgãos e secretarias que também trabalham no carnaval. A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA) declarou que só irá se pronunciar após comunicado oficial dos policiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.