5 de agosto de 2017

HÁ UM BEM QUE SÓ NOS FAZ CRESCER

Escola extinta, ou mantida fechada, é prova de governantes ruins!
Cada dia mais é senso comum que a educação formal, aquela do banco de escola, nos abre portas e propõe possibilidades. É certo também que nem sempre é o caminho mais rápido ou mais fácil para o reconhecimento de nossas habilidades e construção de nossos sonhos, mas a educação ainda é o percurso mais digno para aqueles que sentem orgulho do lugar de onde vieram e do lugar para onde vão. Infelizmente, nem todos têm acesso à educação escolarizada, mas também é infeliz constatar que muitos dos que têm não se apeguem a suas possibilidades como projeto de vida. Quando somos jovens em idade escolar ouvimos dos nossos pais e cuidadores que é a educação que vai nos “fazer gente”, mas não dimensionamos essa formação, não acreditamos em sua importância. Com o passar do tempo desejamos voltar e fazer diferente porque, de fato, o tempo perdido não volta. Nessa vida tão corrida e tão impunemente concorrida, parece ser natural que os melhores sejam os que tem mais ou os que podem mais, mas o saber gera poder. Não se iludam, o único patrimônio que ninguém nos rouba é o conhecimento, a única herança que não nos é usurpada é a nossa sapiência e a única habilidade que não perdemos é a de acumular cada vez mais habilidades. Desse modo, é muito fácil dizer para onde a educação nos leva. A educação, o conhecimento, a qualidade do que se aprende, nos leva onde quer que queiramos ir, desde que nós não nos boicotemos ao ponto de achar que não somos capazes. Todos nós somos capazes de aprender muito e de servir de exemplo para aqueles que não se sentem tão capazes. É necessário acreditarmos nas nossas potencialidades e nos percursos que podemos percorrer com os conhecimentos que adquirimos. A cada dia devemos aprender algo novo, a cada dia devemos ansiar por algo que ainda não nos é comum. Assim, sempre podemos ensinar algo para alguém e abrir os olhos às construções e reconstruções que se apresentam a nós a cada instante. Sejamos corajosos, mas acima de tudo, audaciosos. Sejamos sempre conscientes que ao fim de tudo, a única coisa que ninguém tira de nós é a nosso conhecimento e o que fazemos dele. Usemos o que sabemos a favor das boas práticas, pois de nada adianta saber e não compartilhar, saber e não multiplicar, já que educação é sinônimo de coletividade e de transformação. Transforme a si mesmo e, acima de tudo, transforme o mundo ao seu redor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.