19 de julho de 2017

PSDB TEM 21 DEPUTADOS DECLARADAMENTE FAVORÁVEIS À DENÚNCIA CONTRA TEMER

O baiano João Gualberto é o tucano mais exigente no pleito
do desembarque do PSDB, do barco furaco do Temer
Apesar dos esforços do presidente Michel Temer para aliviar as tensões com o PSDB, o partido já reúne 21 deputados declaradamente favoráveis à investigação do peemedebista, dos 46 da bancada. Segundo informações do jornal O Globo, impactam nesse número os novos parlamentares. Entre os outros tucanos, 10 são contrários à denúncia e 15 estão indecisos ou não responderam à enquete. Pedro Vilela (PSDB-AL) e João Paulo Papa (PSDB-SP) foram os deputados a declarar voto a favor da denúncia recentemente. O ‘centrão’, em compensação, também obteve mais duas adesões: Herculano Passos (PSD-SP) e Takayama (PSC-PR). No último fim de semana, o presidente ligou para ministros tucanos para reduzir o burburinho provocado por especulações de que eles seriam retirados do cargo. Na segunda, Temer recebeu no Palácio do Planalto o ministro das Cidades, Bruno Araújo, que já vinha sinalizando a possibilidade de pedir para deixar o governo. O tom adotado foi de pacificação, e os ministros foram avisados de que não havia previsão de alterações no primeiro escalão, pelo menos até a votação da denúncia em plenário. BAIANO - O deputado federal João Gualberto, mandatário estadual do PSDB, disse que o modus operandi do presidente Michel Temer (PMDB) é semelhante ao de Lula. Para ele, ambos se dizem vítimas de conspiração e perseguição da Justiça e de um “punitivismo” do Ministério Público. “O fato é que o PT e PMDB estão totalmente alinhados e abraçados na politicagem e contra a Lava Jato”, disse Gualberto, que segue em guerra declarada contra Temer, de quem seu partido é aliado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.