19 de julho de 2017

NETO DE GETÚLIO VARGAS REPETE ATO DE PAI E AVÔ E SE SUICIDA

A saga diabólica de suicídios culminou com mais uma morte na família
O neto do ex-presidente Getúlio Vargas, Getúlio Dornelles Vargas Neto, de 61 anos, foi encontrado morte na segunda-feira (17), em Porto Alegre. Segundo a polícia, o pecuarista, que vivia na capital gaúcha de onde cuidava dos negócios da família, apresentava um ferimento de arma de fogo na cabeça. Vargas Neto foi achado por uma empregada, em seu apartamento, no bairro de Moinhos de Vento, no início da manhã. Conforme a delegada Roberta Bertoldo, ao lado do corpo foi encontrada uma carta de despedida endereçada à família. Para os investigadores, não há dúvidas de que o caso trata-se de suicídio. A conclusão oficial, porém, será divulgada apenas no final do inquérito, instaurado na tarde desta segunda-feira. Vargas Neto era filho de Manuel Antônio Sarmanho Vargas, morto aos 79 anos. Um dos cinco filhos de Getúlio - que se suicidou em 1954, aos 72 anos - Maneco, como era conhecido, tirou a própria vida em 1997, no interior do Rio Grande do Sul. O neto de Getúlio Vargas morava com uma filha, que está viajando. Ele deixa quatro filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.