15 de julho de 2017

COMO SERÁ CUMA COM RUI E GOVERNO COM ACM NETO?

Quem tem aliado como Cuma, não
necessita de nenhum inimigo!
Uma das explicações do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM), para apoiar a reeleição do governador petista, Rui Costa, é que a cidade necessita de verbas e obras do Estado e que somente defendendo o nome do candidato do PT e PCdoB, poderá viabilizar melhores condições de fazer Itabuna prosperar. É bom ressaltar que este compadrio não resultou em benefício para Coaraci, Barro Preto e Camaçari, onde prefeitos correligionários de Rui Costa, acabaram sendo derrotados e estão com complicações judiciais, sob acusações graves de improbidade administrativa. Outro aspecto pertinente para uma profunda reflexão, é a possibilidade de fracasso eleitoral nessa parceria do prefeito com o governador. Rui já passou da metade do seu prazo de validade para governar. Menos de um ano e meio é o tempo do suposto dividendo na relação entre Fernando Gomes e Rui Costa. E se ACM Neto ganhar as eleições? O período de gestão é maior com o sucessor de Rui. Isto significa, que atualmente, o prefeito se sente confortável e com sólido álibi, para trair o DEM. Todavia, terá que trair o PT, caso o petista não seja reeleito e sua alegação para tanto, será semelhante ao despautério da desculpa esfarrapada, de que Itabuna precisa de verbas e obras do Estado e que somente puxando o saco do governador ACM Neto, poderá viabilizar melhores condições de fazer Itabuna prosperar. Talvez Fernando Gomes não saiba, que traição não é apenas um passo em falso. É a escolha de um caminho perigoso que pode não ter retorno possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.