12 de julho de 2017

AS ÚLTIMAS QUATRO GESTÕES PARARAM ITABUNA

Itabuna está há mais de 30 anos em atraso!
Três prefeitos estão no histórico das quatro últimas administrações no município de Itabuna e são responsáveis direto, pela marasmo a que a cidade está submetida. Entre eles, o atual gestor, Fernando Gomes (DEM), governou antes do Capitão Azevedo e posterior ao decepcionante evangélico, Vane do Renascer ("PCdoB"/PRB). Portanto, Fernando tem o dobro da responsabilidade pelos desmandos e mazelas, que fazem os itabunenses comerem o "pão que o diabo amassou". E para complicar mais ainda a situação, a atual administração dá sinais de que se restringirá a realizar festas, contratações absurdas e propagar obras que dificilmente sairão do papel. Isto significa que Itabuna terá mais quatro anos de estagnação e perdas de oportunidades de desenvolvimento e melhoria de qualidade de vida da sua gente. A expectativa é que nestes próximos três anos, a maior cidade do sul da Bahia perderá posições no ranking das grandes cidades baianas, para Ilhéus, Teixeira de Freitas, Eunápolis e Porto Seguro. É pertinente destacar que Itabuna era a terceira cidade da Bahia, no início da primeira das cinco gestões de Fernando Gomes. Hoje Itabuna está amargando a sétima posição. Coincidentemente, neste mesmo período de prefeitura pobre, seus prefeitos, parentes e aderentes enriqueceram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.