17 de julho de 2017

A SAÚDE EM ITABUNA, CONTINUA ENFERMA

Cuma e Lísias, brincam de serem coveiros mambembes, dos
serviços de saúde pública num setor mórbido e moribundo!
O povo de Itabuna estava há 8 anos comendo o "pão que o diabo amassou", tendo Capitão Azevedo (PTB) e Vane do Renascer ("PCdoB"/PRB) como os prefeitos que antecederam Fernando Gomes (DEM). E entre os setores mais prejudiciais nessas gestões, estava o dos serviços de Saúde Pública. Hospitais, Postos Médicos, Clinicas, Divisões e Coordenações, subordinadas à administração municipal, tinham péssimas condições de gerenciamento e a realidade era de falta constante de médicos, medicamentos, equipamentos e insumos. Mas, terminados os governos de Azevedo e Vane, a maioria do povo itabunense, acreditou que o tempo perdido seria recuperado no período de retorno de Fernando Gomes (Cuma), ao comando da prefeitura. Passados mais de 6 meses da sua posse, Cuma ainda não disse pra que foi eleito e a situação permanece em condições deprimentes, desorganizadas e mal administradas na Secretaria de Saúde do Município. O primeiro titular da pasta, Vitor Lavinsck, não suportou mais que 3 meses de impetuosidade, arrogância e ingerência do prefeito. Lavisnck considerou humilhante permanecer sob rompantes do alcaide e decidiu pedir exoneração. Para substitui-lo, o "fera" do prefeito foi buscar a bela Lísias Miranda em Itapetinga. E o resultado está cada vez mais feio. Parece que a habilidade de gestão de Lísias está de férias e que Itabuna não possui nenhuma pessoa capacitada a bem administrar. Todas as mazelas ocorridas nas gestões de Azevedo e Vane, estão acontecendo e em condições pioradas. Lísias em nada melhorou as condições dos serviços e o setor da Saúde é um dos mais mal avaliados no governo decepcionante de Fernando Gomes. Estes fatos nos submetem à perspectiva sombria, de mais 3 anos e 5 meses de marasmo, inércia, ingerências, incompetência... "comendo o pão que Cuma e Lísias estão amassando"! A situação assim está do jeito que o diabo gosta... e o povo desgosta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.