3 de junho de 2017

PRESO SUSPEITO DE TENTAR ESTUPRAR FILHA E MATAR CÃO QUE A DEFENDEU É PRESO

Alexander parecia possesso ao agir como o próprio satanás
Foi preso nesta sexta-feira (2) Alexander Soares Eguchi, 42 anos, acusado de tentar estuprar a própria filha e depois espancar até a morte o cachorro que tentou defender a jovem, no Rio de Janeiro. Um vídeo gravado por vizinhos mostra o suspeito atacando o cachorro. O suspeito se apresentou no Fórum Central depois de ter a prisão preventiva decretada. Segundo a delegada Márcia Julião informou ao Extra, ele vai responder por crime contra o meio ambiente e estupro. A delegada afirma que Eguchi tentou estuprar a filha de 21 anos, se jogando sobre a jovem. O cachorro ouviu os gritos de socorro dela e chegou ao local correndo em direção ao suspeito, mordendo-o em seguida. Irritado, Eguchi teria então amarrado o cão em um poste da rua e começado a bater no animal da raça chow chow, que terminou morrendo. Uma pessoa percebeu a ação criminosa e filmou toda a agressão ao animal. As imagens acabaram parando nas redes sociais e gerando revolta. O suspeito foi identificado e a polícia descobriu então a tentativa de estupro, ao ouvir a filha. Ela contou que Eguchi a ameaçou e agarrou à força. Embora não seja biologicamente filha do suspeito, ela foi registrada e criada por ele desde pequena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.