24 de maio de 2017

O COMUNISTA DAVIDSON MAGALHÃES SE VENDEU PARA CAPITALISTAS BURGUESES


A burguesia aliada ao comunismo em nome da JBS
Quando o corrupto e então deputado federal, Geraldo S. de Oliveira (PT), criticou o comunista Davidson Magalhães, denunciando que, “com o dinheiro que Davidson gastou na campanha para deputado eu me elegeria facilmente senador”, se imaginou que havia ali, uma “dor-de-cotovelo” por não ter conseguido êxito em sua tentativa de permanecer com o cargo de congressista em Brasília. Hoje se sabe que o custo oficial da campanha de Davidson, foi realmente muito grande. Muito além das suas próprias condições financeiras. Dele mesmo, só foram aplicados em sua campanha, 25 mil reais, do custo total de mais de um milhão e duzentos e cinquenta mil reais. E entre seus principais doadores, está o famigerado e corrupto conglomerado JBS, dos espertalhões Wesley e Joesley Batista. Os irmãos gatunos contribuíram com pouco mais da metade do custo da campanha do comunista: 690 mil reais. O que Davidson ainda não explicou, foram os motivos “nobres e ideológicos”, que o fizeram encantar os capitalistas, burgueses e elitistas empresários e industriais, a ponto deles patrocinarem uma proposta de candidatura, completamente antagônica aos interesses do mercado financeiro e neo-liberal selvagem, que sempre foram alvos de severas criticas dos esquerdistas. Por trás deste financiamento capitalista, está uma ópera-bufa, repleta de enredos hipócritas, falsos, vigaristas e de corrupção. E que ninguém ouse querer achar que sou estúpido, para aceitar qualquer álibi de seriedade, ética e honestidade nestes fatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.