30 de maio de 2017

NÃO HÁ INOCÊNCIA DE CUMA EM SEU DEBOCHE CONTRA O MP

A justiça não deve se submeter à ignorância e deboche de Cuma
O apito do promotor Inocêncio Carvalho é completamente surdo para o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM), que ignora e debocha dos despachos do atuante membro do Ministério Público Estadual. Depois de ter achincalhado da decisão de Inocêncio, que o orientou a não realizar o carnaval antecipado, o prefeito desdenha da determinação do promotor, para ele exonerar imediatamente, seus parentes do governo municipal. Para o prefeito, a ameaça de ação civil púbica, tem em seu papel e praticidade, a mesma equivalência de papel higiênico. O prefeito brada em alto e bom som, que manterá as nomeações da sua esposa, Sandra Neilma, como secretária de assistência social e do sobrinho Dinailson Gomes, como secretário de administração. Estas nomeações, segundo o promotor, configuram pratica de nepotismo, pois há no município uma lei que proíbe a nomeação de parentes para cargos de comissionados. Estes fatos submetem a Justiça itabunense à condição de insignificância diante das mazelas do prepotente prefeito, cuja situação de legitimidade de mandato permanece pendente de decisão da Justiça Eleitoral. E neste contexto, o promotor deve está pensando: "Ri melhor, quem ri por último"!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.