26 de maio de 2017

JOGADOR DA PORTUGUESA É PRESO ACUSADO DE EXPLOSÃO A CAIXAS ELETRÔNICOS

     PCdiz que Buchecha era informante de uma quadrilha
Um jogador da Portuguesa foi preso durante o treino desta sexta-feira (26), em São Paulo. O lateral-direito Fabiano Buchecha treinava quando foi abordado pela Polícia Civil, que realizava operação para prender uma quadrilha acusada de explodir caixas eletrônicos, além de praticar assaltos e tráfico de drogas. Dez mandados de prisão foram cumpridos nesta sexta-feira (26), sendo nove na Paraíba e o de Fabiano em São Paulo. De acordo com o delegado Cristiano Santana, da Polícia Civil da Paraíba, que comanda a investigação porque os crimes foram cometidos em Campina Grande (PB), o jogador atuava como "olheiro" dos bandidos. Ele seria o responsável por identificar possíveis alvos, observar o dia a dia dos locais que seriam roubados e manter a quadrilha que realiza o roubo sempre informada. Fabiano Buchecha foi levado para a Portuguesa após indicação do meia Marcelinho Paraíba, que também defende a Lusa. No início do ano, ele estava no Treze e era a terceira opção da lateral direita para o Campeonato Paraibano. Apesar da amizade entre os dois jogadores, o delegado deixa claro que Marcelinho Paraíba não tem relação com a quadrilha. (Correio).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.