20 de maio de 2017

JBS RECEBEU R$ 8,1 BI DO BNDES PARA GERAR EMPREGO NO EXTERIOR

Máfia do PT causou danos enormes ao erário do povo brasileiro
O grupo JBS recebeu cerca de R$ 8,1 bilhões do BNDES que teriam sido liberados com velocidade recorde, por meio de influência no governo. A liberação do dinheiro ocorreu a partir de junho de 2007, para que o grupo comprasse empresas do ramo frigorífico, inclusive no exterior. Ou seja, não era para gerar emprego no país, mas em outro países, inclusive nos Estados Unidos, onde o grupo tem mais de 50 frigoríficos e outros empreendimentos. De acordo com a Polícia Federal, as transações foram executadas sem a exigência de garantias e com a dispensa indevida de prêmio contratualmente previsto, gerando um prejuízo de aproximadamente R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos. O dinheiro teria permitido à empresa se tornar uma das gigantes mundiais de processamento de carne. A família Batista comprou a Smithfield Beef Group Inc. em 2008 e transformou a JBS em um império alimentar global, mas tudo com  ajuda do BNDES. Em 2014, a JBS passou a Vale e chegou a assumir o posto de maior empresa do Brasil depois da Petrobras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.