26 de maio de 2017

EDUCAÇÃO HOJE É A SOLUÇÃO PARA AS CRISES DO AMANHÃ


Sem boa educação, nunca teremos futuro promissor
Nem só de crises políticas, econômicas e sociais, vivemos os tempos atuais. Nossa educação também está em crise. As instituições de ensino se caracterizam, sobretudo, por serem complexas e diversificadas, vivendo em uma espécie de “crise permanente”, que reflete um mundo de desafios sempre presentes. E as oportunidades estão associadas a continuar expandindo o acesso à educação em todos os níveis, em escala e em qualidade, mesmo quando o cenário externo indica aumento de desemprego e diminuição de poder aquisitivo. Albert Einstein, disse, que “é na crise que nascem invenções, descobrimentos e as grandes estratégias. Sem crise não há desafios. É na crise que aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la. Acabemos com a única crise realmente ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la”. É preciso perceber, e o quanto antes melhor, que, na educação, mudanças profundas estão em curso e precisamos identificá-las, entendê-las e usá-las estrategicamente. Há que se focar no educando, conhecê-lo profundamente e ter como maior motivação a formação de profissionais competentes e inovadores aptos a enfrentar os desafios de um futuro basicamente incerto e quase imprevisível. Na educação superior, o que esperar de um profissional formado é tudo menos o mesmo, se compararmos décadas atrás com os tempos atuais. Um grande complicador é que o que se espera atualmente, em termos de competências, inclui os requisitos de ontem, somados aos novos atributos. Enfim, crises existem para serem superadas e educação de qualidade e para muitos é, de longe, a melhor ferramenta contemporânea de que dispomos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.