9 de maio de 2017

CUMA COMO VERDUGO DAS DIRETORAS ESCOLARES

Professores e escolas tem sido prejudicados por Cuma
O primeiro semestre do governo do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM), popularmente apelido de Cuma, tem sido desastroso e sacrificante para diretoras de escolas municipais. Não bastasse a determinação do alcaide em querer impor a estapafúrdia redução de 65% em suas gratificações, as diretoras escolares acabam tendo que cozinhar, varrer e limpar latrinas dos colégios. Isto porque a maioria das escolas municipais está sem contratação de trabalhadores para serviços gerais e merendeiras. Esta situação tem submetido professores ao constrangimento de serem vítimas de chacotas, em decorrência de estarem exercendo funções alheias ao que cabe a educadores. E estas humilhações tem nome e sobre-nome: Fernando Gomes. É ele e somente ele, quem tem dever de fazer as escolas serem supridas de condições dignas de funcionamento. Colégios sem serviços gerais e merendeiras, implicam em condições insalubres e propícias para o aumento da evasão escolar. Alem de sacrificar professores, estes problemas afetam o desempenho dos estudantes. E o prefeito, que tanto propagada priorizar a educação em sua administração, não pode permanecer judiando tanto das diretoras escolares, enquanto distribuir salários de marajás para seus parentes e aderentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.