8 de maio de 2017

CERIMONIAL DE CUMA "JANELA" VEREADORES EM ATO PÚBLICO

Beto Dourado se submeteu à condição de mequetrefe numa
Mesa, em que o Legislativo foi tratado com insignificância
A maioria dos vereadores de Itabuna, esteve hoje pela manhã no auditório do Hospital de Olhos Beira-Rio, para prestigiar a solenidade de assinatura do Contrato para implantação do curso de medicina das Faculdades Santo Agostinho em Itabuna. Mas foram completamente ignorados pelo cerimonial na composição da mesa formada para participações de autoridades. Na mesa que teve como presidente, o prefeito Fernando Gomes (DEM), também estiveram presentes as secretárias de Educação, Anorina Smith Lima e da Saúde, Lísias Miranda. Mas nenhum vereador. Todos foram tratados com insignificância num ato cujo documento exige a anuência da Câmara Municipal. O vexame foi tão grande, que o próprio alcaide reclamou (no final do evento), pela mesa não contar com participação de um parlamentar municipal. O constrangimento foi agravado com o despautério dos vereadores Beto Dourado (PSDB) e Robinho (PP), terem se submetido ao constrangimento de se oferecerem para serem fotografados ao lado do prefeito, no ato da assinatura do contrato. Patético, hilário... característico de virilhadores bajuladores e subservientes. A Faculdade Santo Augustinho foi a vencedora do edital do Programa Mais Médicos, em 2015, para implantar o curso em Itabuna. A primeira turma deverá ter 85 alunos. Dez das vagas serão para bolsistas. A solenidade de assinatura do protocolo contou com as presenças dos vereadores Beto Dourado (PSDB), Antonio Cavalcante (PMDB), Nel do Bar (PSB), Júnior Brandão (PT), Robinho (PP), Zico (PTC), Milton Gramacho (PRTB), Babá cearense (PHS), Alex da Oficina (PTC) e Pastor Francisco (PRB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.