6 de abril de 2017

PUBLICITÁRIO DUDA MENDONÇA FECHA ACORDO DE DELAÇÃO PREMIADA

Duda não quer mais saber de ficar cego, surdo e mudo
O publicitário Duda Mendonça fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal. Agora cabe ao ministro Edson Fachin, do Superior Tribunal Federal (STF), homologar o acerto. Duda é citado nas delações da Odebrecht como destinatário de recursos de caixa dois de campanha eleitoral. Ele trabalhou na campanha eleitoral do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2003. Segundo informações do G1, as revelações feitas pelo publicitário foram anexadas à investigação que apura irregularidades em relação às gráficas que prestaram serviço à chapa Dilma-Temer durante a campanha eleitoral de 2014. Nesta terça-feira (4), Edson Fachin homologou o acordo de delação premiada do ex-marqueteiro do PT, João Santana, da mulher dele, Mônica Moura. Santana trabalhou na campanha de reeleição de Lula, em 2006, e nas vitórias de Dilma Rousseff em 2010 e 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.