6 de abril de 2017

PC DO B MANDAVA EM VANE E DESDENHA DE FERNANDO GOMES

Os comunistas estão personalizando Vane em Cuma
Ninguém desconhecia o fato da gestão do ex-prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (estragado), ter sido transcorrida sob o domínio predador dos comunistas. Mas nem todo mundo sabe o quanto a cúpula do PC do B é perspicaz e voraz com suas garras de ave de rapina no patrimônio público. Tanto que nem o intrépido e áspero prefeito, Fernando Gomes, consegue intimidá-los e fazê-los parar de permanecer se metendo onde não deve. Este fato está retratado na insistência dos sindicatos comunistas dos Servidores Públicos Municipais de Itabuna (Sindserv), dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Sul da Bahia (SindiACS/ACE) e dos Comerciários de Itabuna, que debocham da ordem do alcaide para desocupação imediata do prédio da Escola Lúcia Oliveira. O prazo foi esgotado no último dia 27 de janeiro e até hoje a invasão perdura. Os comunistas continuam debochando do poder do prefeito Fernando Gomes, cuja ordem de devolução do imóvel para o patrimônio do município, além de está respaldada legalmente, leva em conta à sua referência histórica para a cidade de Itabuna, pois a Escola Lúcia Oliveira estava funcionando há mais de 8 décadas e foi a primeira Escola Pública construída no município. A decisão de desativar a referida unidade de ensino, foi tomada pelo governo municipal anterior alegando falta de recursos financeiros para a reforma do espaço, que apresentava problemas na infraestrutura do telhado e o cedeu para os sindicatos ligados ao PC do B. O prédio da Escola Lúcia Oliveira é um patrimônio tombado pela Lei Orgânica Municipal, portanto não pode continuar sendo invadido por sindicatos. Enquanto o prédio desta escola permanecer invadido pelos comunistas, Fernando Gomes não poderá declarar, que quem manda e desmanda em tudo da prefeitura é ele. Nisto, ele é tão somente mais um prefeito a ser feito de panaca pelos cururus.PC DO B MANDAVA EM VANE E DESDENHA DE FERNANDO GOMES - Ninguém desconhecia o fato da gestão do ex-prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (estragado), ter sido transcorrida sob o domínio predador dos comunistas. Mas nem todo mundo sabe o quanto a cúpula do PC do B é perspicaz e voraz com suas garras de ave de rapina no patrimônio público. Tanto que nem o intrépido e áspero prefeito, Fernando Gomes, consegue intimidá-los e fazê-los parar de permanecer se metendo onde não deve. Este fato está retratado na insistência dos sindicatos comunistas dos Servidores Públicos Municipais de Itabuna (Sindserv), dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Sul da Bahia (SindiACS/ACE) e dos Comerciários de Itabuna, que debocham da ordem do alcaide para desocupação imediata do prédio da Escola Lúcia Oliveira. O prazo foi esgotado no último dia 27 de janeiro e até hoje a invasão perdura. Os comunistas continuam debochando do poder do prefeito Fernando Gomes, cuja ordem de devolução do imóvel para o patrimônio do município, além de está respaldada legalmente, leva em conta à sua referência histórica para a cidade de Itabuna, pois a Escola Lúcia Oliveira estava funcionando há mais de 8 décadas e foi a primeira Escola Pública construída no município. A decisão de desativar a referida unidade de ensino, foi tomada pelo governo municipal anterior alegando falta de recursos financeiros para a reforma do espaço, que apresentava problemas na infraestrutura do telhado e o cedeu para os sindicatos ligados ao PC do B. O prédio da Escola Lúcia Oliveira é um patrimônio tombado pela Lei Orgânica Municipal, portanto não pode continuar sendo invadido por sindicatos. Enquanto o prédio desta escola permanecer invadido pelos comunistas, Fernando Gomes não poderá declarar, que quem manda e desmanda em tudo da prefeitura é ele. Nisto, ele é tão somente mais um prefeito a ser feito de panaca pelos cururus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.