18 de abril de 2017

DELATOR DIZ QUE CUT EXIGIU E RECEBEU PROPINA

Diretor denuncia que CUT também comeu n a cuia d a Odebrecht
O ex-presidente da Odebrecht Energia Henrique Valladares, afirmou em depoimento ao Ministério Público, no âmbito de acordo de delação premiada, que a Central Única dos Trabalhadores (CUT) recebeu pagamentos da Odebrecht para evitar manifestações, greves e atos de violência nas obras da hidrelétrica de Santo Antônio. “A CUT foi o primeiro sindicato a chegar lá [no Rio Madeira] e se estabelecer. Estavam todos de olho [no contingente de milhares de funcionários que seriam necessários para construir as usinas de Santo Antônio e Jirau]. Sindicatos chegam que nem abelha para conquistar espaço. Mas o pessoal da CUT costumava cobrar de fato pedágios mensais para eles não apoiarem greve, atos de violência. Era preciso pagar a CUT”, disse Valladares no depoimento. O ex-executivo da Odebrecht contou que foram feitos pagamentos, com a mesma finalidade, para um sindicato local de Rondônia. No vídeo, porém, não foi possível compreender o nome do sindicato citado pelo delator durante o depoimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.