28 de abril de 2017

ASSASSINATOS FAZEM ITABUNA ESTÁ APAVORADA

Homicídios fazem de Itabuna, a cidade mais violenta da Bahia
Já foram registrados 10 homicídios no mês de abril e 52 nos quatro primeiros meses do ano de 2017. Devemos nos preocupar? A violência que domina nossa cidade não me deixa perplexo, pois retrata o descaso que os governantes tratam as Instituições que integram o Sistema de Segurança Pública, bem como as políticas públicas que direta e indiretamente impactam na prevenção de delitos. Contudo, esse cenário me preocupa, pois não sabemos até quando a violência se limitará aos muros dos estabelecimentos prisionais e ao círculo das facções. O mal tende a crescer se não for cortado pela raiz, espero está errado, mas se as rédeas da segurança não forem tomadas, imediatamente, posso vislumbrar a curto prazo os cidadãos itabunenses pagando um preço altíssimo e sujeitos a qualquer momento a atos de violência com os mesmos requintes de crueldade que estamos assistindo hoje no seio das tr~es principais facções criminosas, que atual em Itabuna. Vivenciamos a falência do atual Sistema de Segurança Pública e com o ápice da subserviência das Instituições que o compõem. Pois as relações das Instituições com o Executivo são marcadas pelo escamoteamento das informações a troco de migalhas. Não é de se causar estranheza que um “determinado membro” da alta cúpula do governo do Estado venha publicamente afirmar que os índices de violência que apontei no final do ano de 2016 estão “furados”, que “não são oficiais” e “que eu não represento a Polícia Militar”, sendo notório que ele é o gestor de um dos governos mais mal assessorados da história da Bahia. Seria insensibilidade, como de praxe, sobre a situação caótica relativa à violência vivenciada e assistida no estado? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.