2 de março de 2017

NOSSOS VÔOS DEVEM SER VITORIOSOS

MIRAR-SE NA ÁGUIA É SE FAZER VITORIOSO 
Segundo a ciência, as águias são aves de rapina, normalmente de grande porte, elas são também símbolos utilizados em contextos e culturas. Ela é vista pela simbologia grega ou cristã como símbolo da força, da grandeza e da majestade. Chama-se de águia o homem penetrante, astuto, superior em sapiência e que tem a habilidade de ver longe. Façamos uma minuciosa comparação entre a humanidade e as águias e então observaremos que há um sentido lógico em sermos imaginados como esses seres inestimáveis que expressam a sua beleza interior todos os dias dentre as montanhas e levam dentro de si a vocação para o alto e para o infinito. Há uma águia querendo fluir de dentro de cada um, cuja força está alicerçada na maior fonte de riquezas e amor, pois a grandeza de Deus quer atravessar as culturas e os sistemas que regem o universo, o amor real quer dominar o nosso coração e a nossa mente, para cada dia serem concretizados relacionamentos ou amizades sinceras, onde a esperança e a solidariedade são eternas. Onde há um relacionamento puro, existe a paz e a paz acompanha o sucesso de cada um de nós, ambos na área emocional ou espiritual do nosso ser. O homem águia, penetra no mais profundo sentimento, criando à sua volta a junção de princípios legais e morais, a fim de viver numa fortaleza de sabedoria e bem-estar, destruindo do meio social toda e qualquer obra de egocentrismo e hipocrisia. Seremos águias, quando abandonarmos o orgulho inflamado que mortifica a nossa imagem viva; quando concluirmos que existem filosofias vãs que apagam o livro da piedade e da misericórdia; quando as políticas governamentais não impedir que os filhos do Brasil cresçam pela educação, respeito e pelo espírito de auto-estima ao contrário dos nascimentos entre os podres da corrupção e prostituição. Muito bons nos tornaremos, quando a partir deste instante ousarmos a ser semelhante a águia, que como qualquer outro animal tem seus períodos de renovação, tentando com suas forças alcançar o mais lindo voo. Devemos nos desprender das más lembranças e traumas psicológicos que causam danos terríveis à nossa consciência, para que continuemos a voar. Um vôo de vitória. Somente quando livres do peso ruim do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz. Vamos seguir os conselhos do Mestre Jesus, que na sua inconfundível sabedoria entende os benefícios do amor e sempre nos instrui: “Amai uns aos outros”. Aprenda sobre a grandeza que muda, viva o amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.