21 de janeiro de 2017

MEDO DE DOR NÃO É RAZÃO PARA CESÁREA

Qual o Melhor Tipo de Parto a Fazer, Cesariana ou Normal?
As mulheres gostam de partos cesáreos? Ou são os médicos que preferem? Fato: é a junção da fome com a vontade de comer. Médicos lucram mais com partos cesáreos. Porque são mais rápidos e previsíveis. E as mulheres têm a noção de que não vão ter dor com esse tipo de intervenção – embora essa não seja uma verdade. Fato é que o parto normal cansa. A mulher cansa, a criança cansa, o médico cansa. Mas é o normal. O nome diz tudo. As novas políticas do Ministério da Saúde para tentar conter a predileção desenfreada pela cesárea passam pelos riscos para a mãe e o bebê. Esperar o momento do nascimento é a essência da gravidez. A mulher está esperando. A família está esperando. Intervir nessa espera, acelerar o processo, é antinatural. É claro em que existem casos onde a cirurgia é recomendada. Quando a mãe tem problemas de saúde ou quando o bebê está em sofrimento dentro da barriga. Pronto. Essas são as recomendações para a cesárea. Conveniência também não. Só tem uma coisa: a vontade de cada mulher deve ser respeitada. E isso muda qualquer lei imposta. Eis o grande dilema: mudar a mentalidade dessa geração de mulheres e médicos que acredita ser tranquilo alterar o modo de nascimento por motivos que não passam por reais problemas. A mulher tem de assimilar que a cirurgia está aí para uma necessidade. Os médicos têm de retomar a essência de sua profissão enquanto obstetras – além de interesses econômicos. Bebês que são tirados da barriga antes da hora, pela simples conveniência, muitas vezes têm problemas de saúde por toda vida. É um preço bem alto a se pagar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.