25 de dezembro de 2016

FURTOS DO FUTURO

Roubos e furtos ocorridos em escolas, comprometem o ano letivo
É um ultraje para toda a sociedade itabunense todos os furtos que as escolas de ensino fundamental, vem sofrendo ao longo do ano. Os marginais, já cansados de levar tantos computadores e materiais didáticos dos colégios, decidiram fazer "limpas" nas dispensas, levando botijões de gás, farinha, açúcar, óleo, fardos de arroz e frango. Em consequência desses furtos, os alunos ficam sem merenda, e sem aula. Fatos como estes estes revelam o limite que os criminosos em Itabuna estão ultrapassando ao comprometerem o funcionamento de coisas essenciais para a sociedade inteira. A educação definitivamente é uma delas, da qual não podemos abrir mão. Os marginais que estão promovendo essa onda de "vandalismo" nas escolas têm mais é que ser presos. E, quando forem, devem pagar não só com as penas criminais destes furtos, mas principalmente pelos danos que estão causando a essas crianças e a suas famílias. São os estudos destes alunos que estão sendo prejudicados. Logo, o futuro deles está em jogo! Isso precisa acabar, antes que se chegue até aquele ponto extremo: quando a polícia não consegue dar conta de coibir a ação de marginais, a sociedade em peso o faz, mas ao seu jeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.