11 de março de 2016

“NÃO VOU RENUNCIAR”, AFIRMA DILMA A REITORES NO PLANALTO

Os peemedebistas estão sedentos pelo cargo da fragilizada presidente Dilma
A presidente Dilma Rousseff afirmou a reitores de universidades federais nesta sexta-feira, em reunião no Palácio do Planalto, que não vai renunciar. Dilma também comentou a situação de Lula, e o pedido de prisão feito pelos promotores de São Paulo. A presidente afirmou que esse pedido "não tem base jurídica que se sustenta". O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, voltou a afirmar que Lula sofre uma "falta de respeito". "Não vou renunciar", afirmou a presidente aos reitores. Segundo relatos de presentes, Dilma mostrou-se disposta e firme. Por uma hora, fez um "longo desabafo", segundo o reitor Ivan Camargo, da Universidade de Brasília. Dilma falou sobre as crises econômica e política por que passa o país, e reconheceu a dificuldade do atual momento. "Não se pode romper com princípios básicos da democracia", disse Dilma no encontro. Os reitores relataram que a presidente aposta que o momento que passa se reverterá. "A presidente estava bem, se mostrou bem forte e disposta. Não estava triste. E falou que essas crises são momentos cíclicos e que passará. E que vai se resolver", disse o reitor Jeferson Fernandes, da Universidade Federal de Roraima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.