6 de março de 2016

FALAR MAL DE MIM POR TRÁS É FÁCIL, DIFÍCIL É ME ENCARAR!

Não se preocupem com que as pessoas falam por trás
de você. Há uma boa razão para elas estarem atrás!
Todas as pessoas coerentes, autênticas e verdadeiras, são alvo de comentários de amigos e inimigos. E quem não os tem? As pessoas que falam mal de nós muitas vezes sentem inveja daquilo que somos, ou do que fazemos e falamos. Por exemplo: se há uma pessoa que fala mal de você, talvez ela esteja com despeito, mas pode não querer admitir, por vergonha ou por outra razão qualquer. Não devemos dar atenção aos comentários que não são verdadeiros. Devemos nos orgulhar no que é verdadeiro, e não nos importar com os outros. Porque os verdadeiros amigos ficam sempre. Mesmo sabendo que somos amados e odiados ao mesmo tempo, graças a Deus estamos sempre rodeados por muitos amigos, muitos mesmo, mas infelizmente, há algumas pessoas que, às vezes se dizem nossos amigos, mas que ficam espalhando absurdos sobre nós, imerecidamente, mesmo se não estamos fazendo, ou não fizemos nada contra eles (que lembremos), e o pior, sempre haverá quem acredite! Às vezes se torna um tanto difícil suportar, saber que há pessoas que querem nos agredir com palavras e boatos que tentam manchar nossa imagem diante da sociedade. Particularmente sou alvo fácil de falarem de mim, porque falo o que penso e que a maioria pensa e não têm coragem de dizer. Antigamente, dependendo do que falavam de mim, acusando-me de algo que não fiz, ia até as últimas conseqüências para provar que era mentira, odeio que me atribuam coisas das quais não fiz, e pior ainda, quando tais coisas não fazem parte de minha índole. Hoje, com a experiência já vivida, em alguns casos, podem falar à vontade. Simplesmente ignoro. Tenho a seguinte concepção – quando alguém fala mal de mim é porque tem muita inveja, ou porque gostaria de ser pelo menos 10% (dez por cento) do que sou e não tem coragem… isso mesmo: o contrário! Nunca despreze o que falam de você! Tudo o que dizem a seu respeito poderá lhe servir como um caminho de crescimento. Por isso, valha-se de tudo para ser melhor, mesmo quando se tratar de um grande absurdo. E não tenha medo das pessoas pensarem que você assumiu o que foi dito; ao contrário, siga outra trilha – a sua! – e vá além, desejoso de aprender, crescer, melhorar mesmo nas mínimas coisas, e também na paciência. Daqui a pouco, você vai aprender a sorrir com o que, antes, costumava tirá-lo do sério. Cuidemos da nossa vida. Se tivermos consciência do que somos, e de que não somos o que as pessoas dizem de nós, devemos parar nos incomodar. Útil também é não nos esquecermos de que as pessoas só fazem conosco o que nós permitimos que elas façam. Não devemos dar importância aos que falam de nós. Apenas ignorá-los. Cada um dá o que tem. Porém se no fundo do seu coração achar que algo precisa e pode ser mudado, e que talvez melhore os relacionamentos e a vida social, então, mude! Sabemos que é difícil, mas não guardemos rancores. E nos resignemos no fato, de que muitos que falam mal da gente, traiçoeiramente, jamais teriam coragem de falar na frente e isso sim, nos torna superiores e eles medíocres!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.