28 de fevereiro de 2016

PETISTA QUER PROIBIR DELAÇÃO PREMIADA DE PRESOS

Só político com rabo preso teme críticas, denuncias e investigações
O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) apresentou à Câmara dos Deputados um projeto de lei que pretende proibir que a Justiça homologue acordos de delação premiada de pessoas presas, além de vetar a divulgação de informações sobre as colaborações. A informação é da coluna Expresso, da Revista Época. A delação premiada é considerada um dos maiores trunfos da Operação Lava Jato, que investiga escândalos de corrupção na Petrobras. Com ela, acusados de participação em crimes aceitam contribuir com as investigações, em troca de benefícios como redução da pena, em caso de condenação. Próximo a Lula, o parlamentar também foi responsável, junto ao deputado federal Rubens Pereira Jr., pelo mandado de segurança que fez o Supremo Tribunal Federal suspender o rito do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, imposto pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.