1 de julho de 2017

WAGNER COMPARA 'TAMANHOS' DE RUI E NETO


É erro Wagner desdenhar do tamanho eleitoral de ACM Neto
O ex-governador Jaques Wagner ironizou, nesta sexta-feira (30), as recentes rusgas entre o governador Rui Costa e o prefeito de Salvador, ACM Neto, em meio às disputas pela integração do sistema metroviário e por licenciamento ambiental para obras. “Eu pessoalmente acho que o governador tem um tamanho que não precisa ficar brigando com Neto. Pintar meio-fio e fazer pracinha não resolve a vida. E ainda está dificultando a vida do crescimento do metrô. Essas coisas vão ficar muito claras para a população. Acho que não precisa bater boca, porque são tamanhos muito diferentes”, provocou o atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico. Segundo Wagner, numa eventual disputa entre Rui e ACM Neto em 2018, “as coisas vão ficando claras para o povo”. “O povo da Bahia que sabe o que representou 12 anos de Lula, de Dilma, de Jaques Wagner e de Rui sabe pelas obras que têm que aqui em Salvador que são dois mundos diferentes. E o povo vai escolher. Eu acho difícil que o povo escolha alguém que está do lado do golpe, não só porque não aceitou o resultado das eleições, mas porque concorda com tudo o que está sendo feito”, apontou o ex-governador. “A nossa concepção é de governador para a maioria, a concepção deles é de governar para meia dúzia. Evidentemente que o governador Rui Costa está acompanhando uma obra importante que começamos no meu governo, que foi a obra do metrô e da mobilidade... O que o prefeito fez pela mobilidade de Salvador? Pelo que me conste, nada”, continuou. As disputas entre Rui Costa e ACM Neto foram intensificadas nas últimas semanas, porém o ex-governador preferiu não comentar a antecipação de um embate entre ambos, com olhos em 2018. Apesar de ter sido evasivo nessa questão específica, Wagner voltou a provocar o prefeito: “Eu acho difícil que o povo escolha alguém que está do lado do golpe, não só porque não aceitou o resultado das eleições, mas porque concorda com tudo o que está sendo feito”. Por Júlia Vigné/Fernando Duarte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.